segunda-feira, 12 de outubro de 2015

[Sinopse] "Além do Tempo" - 2ª fase -, por Elizabeth Jhin


      A atual fase de "Além do Tempo", com todos os requintes do final do século XIX, está chegando ao fim. Dessa forma, duas sensações tomam conta do público: a primeira é uma saudade prévia dessa primeira fase. Vai ser difícil desapegar desse clima maravilhoso que só as novelas de época proporcionam. E a segunda sensação é um certo receio com relação à mudança de tempo. Será que os "novos" personagens, as "novas" tramas serão tão irresistíveis e envolventes? Será que se passando em 2015, "Além do Tempo" irá manter essa essência de um delicioso folhetim tradicional?

     Todas essas indagações só serão respondidas na próxima semana, quando acontecer a grande transformação na novela de Elizabeth Jhin. Mas uma coisa eu tenho certeza: a qualidade da produção será a mesma! Um dos inúmeros triunfos da novela é a direção de núcleo de Rogério Gomes. Atualmente considero-o como o melhor diretor da Globo. Em todas as novelas que dirige, Papinha, como é conhecido, reúne uma equipe excelente, cujo resultado é uma produção impecável e arrebatadora. Um exemplo recente é a novela "Império", que até foi indicada ao Emmy Internacional, na categoria de Melhor Novela.

      Esse recurso de "duas novelas em uma" é bastante intrigante e inovador. Não sei se já aconteceu em outras novelas... Não me recordo, mas acredito que não. De qualquer forma vai ser muito interessante acompanhar a saga do amor de Felipe e Lívia numa nova embalagem.






Sinopse


      Felipe (Rafael Cardoso) vive uma vida sem grandes ambições como proprietário da vinícola Campobello. Quando ele e Lívia (Alinne Moraes) - uma moça rica, elegante e culta - se conhecem, uma sintonia imediata acontece entre eles. Mas para viverem essa história de amor, eles terão que enfrentar alguns obstáculos. Lívia é noiva de Pedro (Emílio Dantas), um homem possessivo e ciumento. Já Felipe é casado com Melissa (Paolla Oliveira), com quem tem um filho, Alex (Kadu Schons). Melissa aparenta ser uma doce mulher, dedicada ao marido e o filho, mas, ao se sentir ameaçada por Lívia e descobrir que seu marido está interessado nela, revelará seu verdadeiro caráter.

      Melissa ama de verdade sua família, mas sofre muito com a mãe, Dorotéia (Julia Lemmertz), e com a cunhada, Severa (Dani Barros). Ambiciosa, a matriarca não aceita o amor da filha por um homem simples. Já a irmã do marido não consegue manter um bom relacionamento com a escolhida do irmão.

      Se Melissa sofre com os palpites de Dorotéia, Felipe tem uma ótima relação com sua mãe, Zilda (Nívea Maria), e seus irmãos, Afonso (Caio Paduan) e Severa.

     Lívia, no entanto, não conta com a mesma sorte de Felipe: ela e a mãe, Emília (Ana Beatriz Nogueira), não têm um relacionamento tranquilo.


      Emília passou por um trauma na infância: ela e o pai, Alberto (Juca de Oliveira), foram abandonados por Vitória (Irene Ravache). O choque da perda foi tão grande, que ela ficou meses sem falar. Tempos mais tarde, já rica, elegante, altiva e poderosa, Emília vê seu passado voltar à tona quando descobre que a mãe colocou à venda a Vinícola Ventura.


      Sem pensar duas vezes, Emília resolve comprar a propriedade, mesmo contra a vontade do pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário