domingo, 6 de dezembro de 2015

[Resenha] "Três Semanas Com Meu Irmão", por Nicholas Sparks e Micah Sparks

      Conhecer a vida do autor que mais admiro foi uma das experiências mais marcantes da minha vida. Em "Três Semanas com Meu Irmão", Nicholas Sparks e seu irmão, Micah Sparks, narram uma viagem que fizeram juntos ao redor do mundo, na qual visitaram lugares e paisagens extraordinárias.

     Mas, sem dúvidas, o grande atrativo de "Três Semanas com Meu Irmão" foi viajar pelas memórias da dupla, cuja narração é feita sob o ponto de vista do Nicholas. Cada capítulo é intercalado entre os registros da viagem em 2003 e de toda a história dos irmãos, desde a mais remota lembrança deles.

     Embora a viagem que os irmãos Sparks fizeram ao redor do mundo seja o acontecimento central do livro - que os inspirou a publicarem a biografia -, devo admitir que gostei mais de ler as memórias anteriores à viagem. Os momentos em que Nicholas narrava sobre os países e os lugares que eles visitaram pra mim eram tão maçantes - irrelevantes, desnecessários e facilmente esquecíveis também! - quanto os discursos sobre jarros e tigelas que eles eram obrigados a escutar na visita a alguns dos museus. O único ponto positivo da viagem e que se podia tirar proveito eram as reflexões que eles faziam sobre suas vidas e as experiências que passaram.

     Eu não imaginava que a vida de Nicholas Sparks tivesse sido tão difícil. Quem o conhece apenas pela mídia não faz nem ideia dos obstáculos que ele e seu irmão tiveram que passar. Essa foi uma das coisas que mais me surpreendeu na leitura.

     Se eu já admirava o Nicholas por suas histórias, após a leitura de "Três Semanas com Meu Irmão" passei a admirá-lo ainda mais. Foi muito interessante ter acesso aos acontecimentos na vida do autor que o inspirou em tantos excelentes romances. Além de uma biografia, o livro também é uma verdadeira lição de vida e superação.



Citação:


"Ao perseguir um sonho, você aprende muito sobre si mesmo. Aprende suas capacidades e limitações, o valor do trabalho duro e da perseverança"

2 comentários:

  1. Eu li meu primeiro Sparks há poucas semanas atrás e estou quase virando fã, pois ele consegue dizer coisas profundas usando uma linguagem simples e acessível. Foi um bom encontro em 2015. Que bom saber que a história dele também é caracterizada por superação de obstáculos. Você colocou esse livro em minha lista, não conhecia ele antes de ler sua resenha.


    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que felicidade ler seu comentário, Pandora. Fico contente que tenha gostado. A história do Nicholas é admirável. Tenho certeza de que você vai gostar!

      Excluir