sábado, 3 de setembro de 2016

[Resenha] "Eu Sem Você", por Kelly Rimmer

     Você seria capaz de abrir mão da felicidade em benefício de alguém que muito ama? Conseguiria se afastar dela a fim de não lhe causar sofrimento?

     São questionamentos bastante complicados de serem respondidos, pois acredito que nossa resposta dependerá de muitos fatores. A princípio, talvez nossa resposta seja positiva. E essa "generosidade" é bastante admirável. Mas será que nos afastar de quem amamos irá, de fato, poupar seu sofrimento?

     Em "Eu Sem Você", romance de estreia da autora Kelly Rimmer, lançado neste ano pela editora Arqueiro, esses são um dos principais questionamentos que movem as ações da personagem Lilah, a protagonista. Lilah é uma advogada, apaixonada por sua profissão, desapegada, vegetariana e ambientalista. Ao voltar para casa após um dia extremamente cansativo, ela conhece Callum, um publicitário, carnívoro e metódico. Apesar de possuírem estilos de vida tão diferentes, uma atração mútua ocorre entre eles. A princípio, Lilah coloca inúmeros obstáculos a uma possível relação, mas mesmo com todas as diferenças, Callum sente-se cada vez mais animado e esperançoso. Só que ele não faz ideia de que Lilah está passando por um dilema que pode afetar profundamente o relacionamento deles.

     Conheci o livro "Eu Sem Você" pela página da editora no Facebook. O título me despertou interesse, assim como a belíssima capa que prepararam para ele. Já a sinopse apresentada, não mostrou muito o que poderíamos esperar da história. Mas um dos principais fatores que me influenciaram a ler "Eu Sem Você" foi a crítica do site Goodreads: "Se você é fã de Jojo Moyes, David Nicholls e Nicholas Sparks, então irá amar Eu Sem Você”. Por conhecer e admirar o estilo de Moyes e Sparks, essa referência me convenceu por completo. Nicholls eu ainda não conheço, mas ouvi muitos elogios aos seus romances.

     A primeira metade de "Eu Sem Você" foi, sem dúvidas, o melhor da obra. Havia nele uma sintonia muito forte entre humor e paixão, algo poucas vezes visto nos livros por mim até hoje. A sintonia entre o casal protagonista era a grande responsável pelo bom êxito do romance. Resumindo: uma história promissora, com personagens grandiosos e um início extremamente empolgante.

     Já na segunda metade, notei que houve uma mudança no cenário. O ritmo da narrativa diminuiu bastante e os acontecimentos levaram um tempo desnecessário para, enfim, se concretizarem. Outro ponto que me desagradou um pouco foi a forma como os principais mistérios do enredo foram revelados. Tudo aconteceu de forma tão morosa, que não me causou o impacto que eu esperava da história. Mas acredito que essa tenha sido a intenção da autora; proporcionar uma narrativa branda sobre uma história enternecedora.

     O que mais me marcou na leitura do romance e que me trará boas recordações de sua história é a generosidade e o amor que Lilah e Callum demonstraram um pelo outro durante toda a trajetória deles.

     "Eu Sem Você" é um romance espirituoso e comovente. Ao mesmo tempo em que nos contagia com seus momentos de pura simplicidade, ele também nos deixa dilacerados ao nos colocar de frente a uma verdade imutável: que precisamos valorizar cada vez mais os nossos momentos de alegria e a presença de quem amamos. Pois o tempo é implacável e aqueles que amamos nem sempre poderão estar ao nosso lado a todo momento.


Nota:      

Nenhum comentário:

Postar um comentário