sexta-feira, 16 de setembro de 2016

[Resenha] "O Quarto Dia", por Sarah Lotz

     Segundo romance de Sarah Lotz lançado no Brasil, "O Quarto Dia" foi publicado pela editora Arqueiro no início desse ano. Com grandes doses de suspense, mistério e terror, a obra foi uma das experiências literárias mais incomuns que já tive a oportunidade de conferir.

      Fui apresentado ao livro através do site da editora, quando ele ainda estava na fase de pré-lançamento. Desde o momento em que bati os olhos na capa - bastante enigmática - e no título - curioso -, meu interesse na leitura foi despertado imediatamente.

     Quando li a sinopse, criei as melhores expectativas, devido à sua história pouco comum - algo que até então eu nunca tinha visto. Apenas fiquei um pouco receoso com relação à sua qualidade, pois na rede social, Skoob, ele não era tão bem avaliado pelos usuários. Não que isso fosse garantia de alguma coisa, mas nós sempre ficamos com um pé atrás diante de críticas negativas.

     Após iniciar a leitura, acabei surpreendido ao constatar o quanto estava gostando daquela história. E o engraçado é que, a cada capítulo, eu me perguntava: "Será que é agora que a história vai começar a ficar ruim?" (risos); porém não aconteceu. A escrita de Lotz, seu estilo narrativo, a galeria de personagens, enfim, inúmeros foram os aspectos que me agradaram. E quanto mais lia, mais sentia vontade de prosseguir na leitura. E para mim, o livro que causa essa euforia nos leitores é, no mínimo, admirável.

     Se for para destacar um ponto negativo em "O Quarto Dia", não tenho muito a dizer. Talvez a única coisa que me incomodou um pouco foi durante a mudança do foco dos personagens, na qual cada capítulo o ponto de vista da história varia entre os principais personagens. Em determinados personagens, quando a história retornava ao ponto de vista dele, parecia não continuar de onde parou. E isso me deixou confuso em alguns momentos, que foram poucos, aliás. Ainda bem.

Nota:     

2 comentários:

  1. Oi, tudo bem??
    Amo a capa desse livro!! E desde que vi que iam lançar, tive vontade de ler, mas fiquei com medo de não gostar porque li um outro livro dela Os 3, que a capa também é enigmática, mas acabei não gostando muito do livro. E por isso acabei adiando a leitura desse . rsrs.
    Talvez esse ano eu resolva dar mais uma chance para a autora. :)

    Procurei a opção de seguir seu blog e só encontrei pelo g+, é assim mesmo??
    Gostei bastante do seu cantinho. rsrs
    Quando puder, dá uma passada lá no meu.
    Beijinhos.
    https://literatusocuto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dani. Comigo tudo certo, e com você?

      As obras da Sarah Lotz dividem muito a opinião dos leitores. Uns gostam muito, já outros detestam e por aí vai... Olha, se quer uma sugestão, acho que você deve sim dar uma chance ao "O Quarto Dia". Eu gostei demais, só que ainda não li "Os Três", então não posso opinar sobre qual deles é o melhor. Caso você resolva lê-lo, me conta depois o que achou! ;)

      Fico feliz que tenha gostado do meu cantinho (risos). De verdade.
      Olha, não sou muito bom em redes sociais, ainda estou me adaptando a essa coisa de compartilhar as postagens.
      Mas você pode seguir o blog pelos seguintes meios:

      Facebook: https://www.facebook.com/VentoNorteBlog
      Instagram: https://www.instagram.com/ventonorteblog/
      G+: https://plus.google.com/b/117846442064092073300/

      E eu adoro conhecer novos blogs, pode deixar que farei muitas visitas ao seu.
      Beijos!!

      Excluir